Skip to main content
CISTI'2017 - 12ª Conferência Ibérica de Sistemas e Tecnologias de Informação

Full Program »

Aplicação móvel para avaliação de stress

A utilização das tecnologias de informação e comunicação, dispositivos móveis e wearable têm tido nos últimos anos um grande crescimento.
O stress crónico é uma doença que afeta milhões de indivíduos e que está a ter grande crescimento com enorme impacto económico e social. A prevenção nesta área da saúde é, cada vez mais, um aspeto fundamental para a melhoria de qualidade de vida de cada um e da saúde pública em geral.
O presente estudo define como objetivo perceber de que forma se pode monitorizar continuamente o stress, sobretudo em indivíduos que desempenham profissões que conferem elevado risco de stress, com o objectivo de prever e alertar ocorrência de stress crónico ou patológico e situações de burnout. Para o efeito será desenvolvido um instrumento de medida não invasivo para o indivíduo recorrendo aos sinais biométricos, medidos através de um dispositivo wearable, recolhidos num dispositivo móvel e posteriormente enviados para um sistema de informação que tratará essa informação.
Na experiência realizada, foi desenvolvido um protótipo de uma aplicação móvel que sincroniza os dados provenientes de smartbands ligadas diretamente aos indivíduos com smartphones, para monitorizar continuamente o estado físico e de qualidade de vida relacionada com a saúde da pessoa. Naturalmente que a recolha de dados só tem importância se os dados forem analisados com consequente produção de resultados para o indivíduo e profissionais de saúde.
Sendo o stress crónico um problema de saúde que afecta uma parte significativa da população e que a perceção do stress crónico não é imediata, a avaliação contínua de sinais de stress é um aspecto fundamental para a deteção precoce do distress e intervenção eficiente quando o indivíduo está em risco de entrar em stress crónico.
Serão, ainda, analisados, com o apoio dos profissionais de saúde e indivíduos a quem se destina a avaliação, diveras formas de feedback acerca dos níveis de stress para se poder desenvolver um conjunto de dashboards com informação de stress, distinguindo a informação destinada ao profissional de saúde da que se disponibilizada ao próprio indivíduo.
Serão analisadas algumas tecnologias normalmente usadas para elaborar um sistema desta grandeza, ajudando assim a definir qual o ecossistema ideal para dar sentido a este protótipo. Existe ainda a intenção de fazer com que os resultados desta proposta prática sejam fornecidos aos profissionais de saúde mais indicados, por forma a assegurarem a qualidade dos mesmos.

Author(s):

Luis Simões    
IPCA
Portugal

Joaquim Gonçalves    
IPCA
Portugal

Joaquim Silva    
IPCA
Portugal

 

Powered by OpenConf®
Copyright ©2002-2016 Zakon Group LLC